quinta-feira, 14 de julho de 2016

tentei comer a prima dormindo



Ser adolescente é bom,mas as vezes ruim de ficar de pau duro direto  e   querer sempre bater punheta  e  foi por causa disso que comecei  sentir desejo pela minha prima Danyelle gostosa de 1 6 anos ela, Tudo começou quando eu tinha 14 anos e, nos no fim de semana em que nois netos iamos para casa da mae de minha mae e  todos nois ficava  dormíamos juntos na casa de meus avós com frequência pois eramos muito amigos, eu como todo adolescente tinha uma vontade de transar enorme, e certo dia na madrugada acordei com a mão em cima da buceta da minha prima e não me contive, passei a mão no seu seio para ver se ela não iria acordar, ela nem se mexeu, então desci com a mão até a sua calcinha e fui colocando bem devagar até chegar nos labios da buceta dela, eu com um tesão que mal podia me controlar, meu pau pulsava, fui passando a mão na sua buceta então decidi enfiar um dedo, fiquei colocando o dedo naquela buceta gostosa, com medo dela acordar, mas notei que seu sono era profundo e decidi ir mais além, como ela estava de barriga pra cima, coloquei uma das minhas pernas por cima e abri as pernas dela bem devagar, e segui enfiando o dedo e sentindo sua buceta molhada, resolvi colocar 2 dedos e logo após 3, quando comecei brincar com o 3 dedo senti que sua buceta explodiu um melado lambusando meus dedos, em muito jovem, mas tinha visto que ela havia gozado, então sem me controlar com o tesão coloquei sua calcinha para o lado bem devagar, tirei meu pau para fora, e fui para o meio das pernas dela bem devagar, eu tremia, está louco para sentir uma buceta pela primeira vez, então levei meu pau até a sua buceta que estava muito melada e sem saber direito onde ficava a entrada coloquei a cabeça entre os labios de sua buceta, que automaticamente escorregou para dentro daquela buceta quente e melada, foi a melhor sensação que senti na vida, meu pau latejando de tão duro, empurrei bem devagar pois tinha uma vontade enorme de gozar e encher aquela buceta de porra, enfiei até o fundo algumas vezes me deliciando com aquela sensação, em seguida sai de cima dela fui para meu lugar, esperei alguns minutos e fui ao banheiro, pensando no que tinha feito e no quanto foi bom, voltei para cama e ela estava de bruços, roncando, pensei vou tentar outra vez, abri sua pernas, arredei sua calcinha e me posicionei suavemente sobre sua bunda, esfreguei meu pau na sua buceta e ele escorregou para dentro, dei algumas enfiadas e sai para não explodir dentro dela, até hoje me arrependo de não ter enchido a buceta dela de leite, ela tomava anti concepcional mas eu não sabia direito que evita filhos, em fim essas e minha confissao espero que gostem.

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir