sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

punheta com o primo






Olá, meu nome é Alan, tenho 18 anos, 1,70cm, sou moreno claro e corpo atlético. Moro em uma cidade no interior de Sergipe. Tenho um primo chamado Israel que tbm tem 18 anos, mas parece que tem 16, um pouco mais baixo que eu, moreno claro tbm e um corpo um pouco atlético. Sempre fomos bem chegados, vivíamos conversando pelas redes sócias, mas nunca chegamos à intimidade de ver o outro nu, por exemplo.
Israel estuda á noite, e eu não estudo mais. Um dia quando ele voltava da escola foi assaltado, pois sua casa é bem distante da escola, já a minha era apenas um quarteirão de distancia. A mãe dele preocupada com o que tinha acontecido liga pros meus pais e pergunta se ele poderia dormir aqui em casa nos dias de segunda e quinta, pois era os dias que ele saia mais tarde da escola e era perigoso ir para casa sozinho. Meus pais aceitaram de boa, até gostaram da ideia dele vir dormir aqui porque a maior parte do tempo eu ficava sozinho em casa. E eu, claro, fiquei bem animado com a ideia.
Na segunda, dia 25-02-13, ele me liga e avisa que virá hoje dormir, eu digo que beleza, que estarei esperando por ele. Quando é por volta das 22:00h ele chega aqui em casa, cumprimenta meus pais e guarda a mochila em meu quarto. Logo em seguida fomos pra porta ficar conversando, pois estava muito quente no dia. Pouco tempo depois meu pai aparece na porta e fala que iria se deitar e que era melhor agente entrar. Entramos e fomos direto pro meu quarto, ele fala que ia tomar um banho, eu pergunto se ele trousse roupa, ele diz que sim. Ai ele começa a tirar a roupa na minha frente, tira a blusa e o tênis, e fica só de calça, uma calça bem bonita que deixava ele com uma bunda deliciosa e um pau bem desenhado pro lado e dava pra perceber que era mais ou menos do mesmo tamanho que o meu, por volta de 18cm. Ele tira a calça e fica só de cueca, daquelas box branca bem bonita. Eu pego uma toalha pra ele e ele vai pro banheiro tomar banho. Logo em seguida vou eu tomar um banho. Como é de costume nosso, usamos sempre roupas da moda, cueca box e shorts tácteis, o que me deixa cheio de tesão. Ele veste um bem apertadinho deixando o pau pro lado esquerdo, até parecia que estava um pouco duro. E ficamos ali deitados na cama assistindo CQC, depois eu pego meu not e fomos acessar um pouco. Eu já com más intenções coloco num site pornô, cheio de gatas gostosas e ficamos vendo umas fotos e uns vídeos. Meu pau já estava ficando duro e percebi que o dele já estava bem duro. Ele começava a alisar o pau por cima do short, e logo em seguida eu começo tbm. Depois ele olha pra mim e fala:
- Vamos?
- Vamos o q?
- Bater uma punheta né pow? Vc num bate não?
Eu meio surpreso falo:
- Claro que eu bato.
Então ele fala:
- Bora então, já estou a três dias sem bater, já não aguento mais. Logo em seguida ele se levanta abre o short e fica se alisando na frente do espelho. Depois ele fala:
- Vem cá, vamos ver qual é o maior por dentro da roupa. 
Colocamos os paus pro lado e ficamos vendo qual era o maior debaixo da roupa. Tranquei a porta do quarto, nos deitamos e tiramos a roupa e enfim matei a curiosidade, o pau dele era do mesmo tamanho que o meu. Grosso, com uma cabeçona, cheio de veias e bem depiladinho. E começamos a bater, ele batia rápido e eu com a velocidade normal. Um tempo depois ele para falando que a mão está doendo que ele tinha escrevido muito na escola e que não sabia bater com a outra. Ele olha pra mim e diz:
- Ei Alan, bata pra mim por favor, estou sem aguentar.
Fico meio receoso, mas ele fala que não teria problema, iríamos dormir juntos por um bom tempo mesmo. Então eu falo:
- Eu bato, mas vc tem que fazer algo pra mim.
- O quê?
- Vai ter que me chupar.
Ele não tinha escolha, disse que queria que eu batesse pra ele, queria ver tbm como era o tesão quando uma pessoa bate pra vc. Então ele aceita a proposta, primeiro eu pego no pau dele, que estava bem duro e pulsava muito forte e começo a punhetá-lo, ele começa a gemer de tesão e fala que era muito bom. Ele se estica todo na cama de casal do meu quarto e fica só gemendo baixo. E depois fala:
- Bata mais forte um pouco, o tesão ta grande demais vey. É muito bom isso!!
Eu começo a bater forte e ele fecha os olhos e fica delirando de tesão. Com um tempo depois eu paro e falo que era a vez dele me chupar, ele se ajeita na cama, pega meu pau enfia na boca, na hora deu um tesão enorme que nem sei como explicar, só fico ali gemendo. Depois pego no pau continuo a punhetá-lo. Ai ele fala:
- Me chupa tbm vey!
Fizemos um 69 deitados na cama. Era muito tesão, chegava a perder as forças. Ai ele para e fala que quer gozar logo, e que era pra mim bater bem gostoso pra ele gozar com muito tesão. Não penso duas vezes, me sento, pego no pau dele todo lambuzado com minha saliva e bato uma bem batida, bem forte. Não demora muito ele fala que já ia gozar, fecha os olhos e começa e gemer muito e goza! Goza muito mesmo, caiu na barriga, na minha mão e um pouco na cama. Geme mais um pouco e respira fundo, depois fala que era minha vez. Ele pega meu pau e bate um pouco devagar mais que dava um tesão enorme. Não demorou muito e gozo tbm, gozei muito, caiu em tudo que era lugar. E ficamos ali deitados todo gozado sem forças pra levantar, depois de um tempo eu levanto, vou no banheiro e pego um pouco de papel e me limpo, e levo um pouco pra ele se limpar, mas quando eu vejo ele esta dormindo, então eu limpo sua barriga e tinha até no pescoço. Desligo tudo e depois me deito e dormimos pelados. No outro dia, meus pais saem para trabalhar e depois nos levantamos na mesma hr, nos vestimos e escovamos os dentes e fomos tomar café e ficamos falando o quanto foi boa a punheta na noite passada, e falamos que o tesão foi demais. Depois de um tempo ele fala que tem que ir embora, pois ia fazer uns trabalhos da escola. Quando ele vai saindo fala:
- Ei, quinta eu venho de novo. E vamos bater mais punheta né?? 
- É claro que sim, quinta tem de novo e vai ser melhor ainda!
Ele da um sorriso e vai embora. E a partir daquele dia, todas as noites de segunda e quinta nunca mais foram as mesmas. Até hoje nunca faltamos um dia. Mesmo quando for feriado ele vem, e eu espero que isso dure muito tempo.






ATENÇÃO QUE PARTICIPAR DO GRUPO E DEIXAR SEU ZAP ZAP
ENTRE PARTICIPE O GRUPO QUE MAIS CRESCE


Nenhum comentário:

Postar um comentário