quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Eu e Meu Amigo e Meu Primo

Como relatei no conto passado, meu primo Israel sempre vinha dormir aqui em casa alguns dias da semana. Em um determinado período meus pais viajaram, foram passar um bom tempo fora, e eu ficaria sozinho, apenas a empregada vinha para arrumar algumas coisas, cozinhava e ia embora, boa parte do tempo eu ficava sozinho. Eu tinha um vizinho chamado Weverton, sempre fomos bem chegados, tinha a maior vontade de chamar ele pra bater um punheta em casa, mas faltava coragem. Ele era mt gostoso, usava short apertadinho e tinha o maior volume debaixo da cueca. Certo dia estava sozinho em casa com o meu primo Israel, como vocês já sabem, mais tarde um pouco iriamos bater outra punheta, mas ainda era cedo, então fomos pra porta ficar conversando, quando aparece Weverton e se junta a nós, como Israel já estava acostumado em vir em casa, eles já se conheciam. Então ficamos conversando um bom tempo, até que certo ponto, tocamos de assunto de sexo e coisa tal... O assunto ficava cada vez mais interessante até que Weverton pergunta quando foi a última vez que eu tinha batido punheta, falei que bato todo dia uma vez por dia e perguntei a ele quando foi a última vez, ele disse que geralmente dia sim dia não. Fomos cada vez mais fundo. Aquilo já foi me dando o maior tesão, vi uma oportunidade ali na minha frente, então falei:
- Vocês querem bater punheta agr?
Eles responderam que sim que já estavam com tesão. Então entramos logo, e fomos direto pro quarto, seria a primeira vez que ia ver o meu amigo de pau duro, estava realizando um sonho.
Weverton logo se deita na cama e começa a se alisar sobre o short, já dava pra perceber o volume e Israel se deita no outro da cama e eu no meio, começamos a se alisar sobre o short, até que eu tiro pra fora e eles em seguida. Dava pra sentir o cheiro daquelas picas , Israel já estava acostumado, Weverton com aquela cueca box vermelha bem apertadinha so dava mais tesão, então ficamos ali batendo uma, fazendo algumas perguntas. Até que Weverton fala pra gente fazer algumas competições e tal, pra ver qual é maior, quem gozar mais... Topamos, no quesito pau maior o meu ganhou por pouco... e depois viríamos quem gozava mais... ficamos ali batendo por uns minutos até que Israel fala que tal um bater pro outro? Weverton fala que sim, mas que isso ia ficar entre agnt. Tudo bem, Israel logo pega no meu pau e começa a punhetar e eu cheio de vontade pego no de Weverton, tava bem quente e pulsava muito, dava muito prazer ver aquele gostoso gemer de tesão. Mas eu queria algo mais fundo, fiquei alisando o saco de Israel e com a outra mão batendo a punheta de Weverton, depois de um tempo nos ajeitamos na cama, a falei que aquela noite não ia ficar só assim, tirei a roupa toda de Weverton e cai de boca na pica dele, ele cmç a gemer mt dizendo que akilo era mt gostoso, depois Israel coloca meu pau boca dele e cmç a chupar tbm, paro um pouco e bato a punheta d Israel, bato bem forte e quando ta tudo lambuzado começo a chupar, não demora muito ele goza, goza bem forte e eu cmço a lambuzar o pau e o saco dele com toda a poha, saio lambendo do pau até o umbigo com a porra e ele quase desmaiado de tesão, olho pra Weverton e falo que é a vez dele, fico alisando as bolas e o pau, e ele fala: cai logo de boca que isso é bom demais, então fico chupando, e alisando as bolas, ele se deita e fala que vai gozar, segura minha cabeça por trás e fala: aguenta ai que vai sair quente, dá um gemido e goza, goza bastante até engolir um pouco, era bem quente mesmo, e ele não parava de gozar, gozou mt. E os dois fica ali deitados sem aguentar de tanto tesão. Ai eu falo que era a minha vez, Israel me pega por trás e fica me alisando e Weverton cai de boca na minha pica, ele chupa mt gostoso, dava um tesão danado aquilo, então eu faço o mesmo seguro a cabeça dele e digo que vou gozar, não demoro mt e gozo, gozei bastante e Weverton só chupando tudo, ele com a boca cheia de esperma, faz tipo um jatinho de gala, cospe tudo na minha garriga e se deita por cima. Ficamos ali por uns minutos, depois fomos nos limpar, nos vestimos e voltamos pra porta como se nada tivesse acontecido. É claro que não ficamos por ai, teve outras a mais. Aguardem o próximo

Nenhum comentário:

Postar um comentário